terra.jpg

Crio relações entre diversos materiais do cotidiano. Metais, fios de costura, cartas, envelopes antigos, pedras e outros. Uso papel, fotografia e tela, como suportes artísticos, em diferentes formatos.

 

Rasgo, corto, colo, costuro. Transformo esses materiais  em livros de artista, colagens, gravuras, pinturas, desenhos e objetos de pequeno formato...

As engrenagens sugeridas pela versatilidade dos materiais e suportes aplicados parecem montagem de um quebra-cabeças, que, articulados formam uma unidade sensorial.

Marisa Martins Carvalho